Benefícios do comércio sem cabeça para vendedores

Obtenha o conteúdo mais recente da Amazon a cada semana

A benefícios do comércio sem cabeça despertaram uma curiosidade generalizada entre as empresas que procuram aumentar a sua presença online. Na verdade, o comércio sem cabeça se tornou uma palavra da moda conhecida por muitos participantes do comércio eletrônico. 

Entrei no Google Trends e vi por mim mesmo que a palavra-chave “comércio sem cabeça” está no mercado. tendência de alta nos últimos cinco anos:

Comércio sem cabeça (fonte – Google Trends)
Comércio sem cabeça (fonte – Google Trends)

Mas o comércio sem cabeça é mais do que apenas uma tendência ou uma palavra da moda; é uma transformação na forma como os vendedores interagem com seus clientes e gerenciam sua presença online.

A seguir, descobriremos os benefícios do comércio sem cabeça e discutiremos dicas práticas para enfrentar os desafios ao implementá-lo em sua empresa.

 

O que é Headless Commerce?

Antes de mergulharmos profundamente no benefícios do comércio sem cabeça, vamos tirar as definições do caminho. 

Comércio sem cabeça é uma abordagem moderna para arquitetura de comércio eletrônico que separa a camada de apresentação do frontend da funcionalidade de backend.

Ao contrário das configurações tradicionais de comércio eletrônico, onde o front-end e o back-end estão totalmente integrados, o comércio sem cabeça permite maior flexibilidade e personalização ao dissociar os dois.

Aqui está como funciona o comércio sem cabeça, conforme ilustrado por CBInsights:

Componentes de uma arquitetura de comércio headless (Fonte – CBInsights)
Componentes de uma arquitetura de comércio headless (Fonte – CBInsights)

Conforme visto na ilustração, o backend serve como motor que alimenta a loja online. Isso inclui recursos de comércio, incluindo os seguintes componentes:

  • Catálogo de produtos
  • Estoque
  • Carrinho de compras
  • Lógica de desconto
  • Finalizar compra 
  • Pagamento 
  • Informação ao Cliente

 

Enquanto isso, o frontend fornece a interface do usuário e a experiência aos clientes, utilizando APIs (Application Programming Interfaces) para se comunicar com os sistemas backend.

Essa separação entre front-end e back-end permite que as empresas ofereçam experiências mais dinâmicas e personalizadas aos seus clientes em vários canais, incluindo: 

  • Websites
  • aplicativos móveis
  • Redes sociais
  • Dispositivos IoT (Internet das Coisas)
  • Dispositivos conectados
  • Mensagens 
  • Quiosques

 

Vantagens do comércio sem cabeça

Quais são as vantagens do comércio sem cabeça? Aqui estão alguns:

 

Maior flexibilidade e personalização

Um dos principais benefícios do comércio sem cabeça reside na capacidade de personalizar a experiência do usuário. Com ferramentas de comércio sem cabeça à sua disposição, as empresas podem criar viagens personalizadas para os seus clientes, desde recomendações personalizadas de produtos até ofertas promocionais personalizadas.

Além disso, a liberdade de experimente novas tecnologias de front-end e estilos de design sem interromper a funcionalidade de back-end permite que as empresas fiquem à frente da curva.

Esta abordagem pode alinhar-se perfeitamente com o Modelo de volante, onde cada experiência personalizada contribui para o impulso do envolvimento e da fidelização do cliente.

 

Desempenho e velocidade aprimorados

A velocidade é essencial no comércio eletrônico e é um dos benefícios mais importantes do comércio sem cabeça. Essa otimização não só aumenta as classificações do mecanismo de pesquisa mas também melhora a experiência do usuário.

Dados da Awwwards, organização que organiza competições de design e desenvolvimento de sites, revelam que a velocidade é fundamental na experiência do usuário. Na verdade, tres em cada quatro os usuários disseram que a velocidade é o aspecto mais importante para eles na hierarquia UX.

Hierarquia UX (Fonte – Awwwards)
Hierarquia UX (Fonte – Awwwards)

Por que o comércio sem cabeça é mais rápido? Soluções de comércio sem cabeça são mais rápidos principalmente devido à eliminação de dependências de front-end. Essa separação permite que as empresas otimizem cada componente separadamente, resultando em tempos de carregamento mais rápidos e melhor desempenho do site.

 

Experiência omnicanal simplificada

Sem costura comércio eletrônico omnicanal também é um dos benefícios do comércio sem cabeça e funciona bem para os vendedores.

A arquitetura de back-end unificada garante marcas e mensagens consistentes em vários canais, seja site, aplicativos móveis ou plataformas de mídia social. Isso garante que os clientes recebam um experiência coesa, independentemente de onde interajam com a marca. 

Além disso, o comércio sem cabeça facilita a integração perfeita com serviços e tecnologias de terceiros, permitindo que as empresas expandam o seu alcance e envolvimento sem esforço.

 

Experiência aprimorada do usuário

No centro de todo empreendimento de comércio eletrônico bem-sucedido está a experiência do usuário, e é um dos benefícios do comércio sem cabeça. 

Ao aproveitar insights baseados em dados, as empresas podem fornecer interações e recomendações personalizadas adaptado ao comportamento e preferências de cada indivíduo. Esse nível de personalização não apenas aumenta a satisfação do cliente, mas também impulsiona o engajamento e a fidelidade.

Além disso, com uma abordagem de design responsivo, o comércio sem cabeça garante experiências de visualização ideais em vários dispositivos e tamanhos de tela.

 

Processos de checkout mais rápidos

Também incluído nos benefícios do comércio sem cabeça está um processo de checkout simplificado. Este aspecto é essencial para maximizando as taxas de conversão e minimizando abandonos de carrinho.

Os dados do Baymard revelam que, além dos altos custos extras, os compradores que abandonaram os carrinhos o fizeram devido a pontos de fricção, como requisitos de criação de conta e preocupações sobre a confiabilidade do site. 

Razões para Abandono Durante o Checkout (Fonte – Baymard)
Razões para Abandono Durante o Checkout (Fonte – Baymard)

Com o foco do comércio sem cabeça na otimização dos processos de checkout e na implementação de medidas de segurança robustas, as empresas podem resolver esses pontos problemáticos e criar uma experiência de compra mais segura e sem atrito para seus clientes.

Por que o headless é mais seguro? Como a camada de apresentação do frontend é separada da funcionalidade do backend, a abordagem minimiza a superfície de ataque e torna mais difícil para atores mal-intencionados explorarem vulnerabilidades. 

 

Eficiência de custos e escalabilidade

Alcançar eficiência de custos e escalabilidade é crucial para empresas de vários setores, incluindo comércio eletrônico sustentável, comércio eletrônico de mercearia, e muitos mais. Felizmente, atender a essas necessidades é um dos benefícios do comércio sem cabeça.

Ao dissociar o frontend e o backend, as empresas podem significativamente reduzir custos de manutenção e acelerar o tempo de lançamento no mercado para atualizações e melhorias de front-end. 

Este processo simplificado não só otimiza a alocação de recursos, mas também permite que as empresas respondam rapidamente às tendências do mercado e às demandas dos clientes.

Além disso, o comércio sem cabeça oferece escalabilidade para acomodar flutuações nos volumes de tráfego e transações, garantindo desempenho consistente e experiência do usuário mesmo durante períodos de pico.

 

Desafios do comércio sem cabeça e dicas práticas

Assim como qualquer outra abordagem de comércio eletrônico, você não pode aproveitar o benefícios do comércio sem cabeça sem ter que lidar com suas desvantagens. 

Aqui estão alguns desafios que você pode encontrar ao implementar o comércio eletrônico sem cabeça e dicas práticas para contorná-los.

 

Complexidade de implementação

Nem é preciso dizer que escolher uma arquitetura de comércio sem cabeça pode ser complexo e desafiador, especialmente para empresas com conhecimento técnico limitado.

 Aproveitar os benefícios do comércio sem cabeça significa que primeiro você precisa se concentrar no planejamento cuidadoso, na alocação de recursos e na coordenação estreita entre as equipes.

  • Dica acionável. Invista em planejamento completo e consulta com desenvolvedores experientes para garantir um processo de implementação tranquilo. Divida a implementação em fases gerenciáveis ​​e priorize os principais recursos para a implantação inicial.

 

Maior tempo e custo de desenvolvimento

Para aproveitar os benefícios do comércio sem cabeça, primeiro você precisa investir em trabalho de desenvolvimento personalizado, o que pode levar a ciclos de desenvolvimento mais longos e aumento de custos. As empresas podem precisar alocar recursos e orçamentos adicionais para concluir projetos.

  • Dica acionável. Priorize recursos que agreguem mais valor para sua empresa e clientes. Considere aproveitar modelos ou estruturas pré-construídas para agilizar o desenvolvimento e reduzir custos.

 

Dependência de Conhecimento Técnico

Gerenciar uma configuração de comércio sem cabeça requer conhecimento técnico em áreas como integração de API, desenvolvimento de front-end e arquitetura de sistema. 

As empresas sem recursos técnicos internos podem ter dificuldades para gerenciar e manter sua plataforma de comércio sem cabeça de maneira eficaz.

  • Dica acionável. Forneça treinamento abrangente aos membros de sua equipe para garantir que eles tenham as habilidades técnicas necessárias para gerenciar e manter uma configuração de comércio sem cabeça. Considere contratar ou fazer parceria com desenvolvedores experientes para suporte contínuo.

 

Potencial para Desafio de Integração

A integração de uma plataforma de comércio headless com sistemas existentes e serviços de terceiros pode ser um desafio, levando a problemas de compatibilidade e atrasos na implementação.

  • Dica acionável. Realize testes completos de compatibilidade com sistemas existentes e serviços de terceiros antes da implementação. Priorize plataformas e ferramentas com APIs robustas e recursos de integração para agilizar o processo de integração.

 

Perguntas mais frequentes (FAQs)

Aqui estão algumas perguntas frequentes sobre comércio decapitado para vendedores: 

 

Por que o comércio sem cabeça é chamado de “sem cabeça”?

O comércio sem cabeça é assim chamado porque opera sem uma “cabeça” tradicional, referindo-se à camada de apresentação do frontend. Esta separação permite que as empresas se adaptem e inovem mais rapidamente, uma vez que as alterações no frontend não afetam a funcionalidade do backend.

 

Como o comércio sem cabeça afeta seus clientes?

O comércio sem cabeça impacta os clientes de maneira positiva, melhorando sua experiência de compra em geral. 

Como o front-end e o back-end são separados, o comércio sem cabeça permite que as empresas forneçam interfaces de usuário mais personalizadas e envolventes, além de recomendações adaptadas às suas necessidades.

 

Sem cabeça é melhor?

O comércio sem cabeça oferece maior flexibilidade, escalabilidade e personalização em comparação com configurações de comércio eletrônico tradicionais. É uma opção atraente para empresas que buscam oferecer experiências dinâmicas e personalizadas em múltiplos canais. 

No entanto, pode exigir mais conhecimento técnico e investimento inicial para implementar e manter.

 

Concluindo!

 

Sem dúvida, o comércio sem cabeça oferece muitas vantagens aos empresários. Não só oferece um melhor experiência do usuário e personalização, mas também marca as caixas de aprimoramento velocidade e segurança no checkout.

Para aproveitar os benefícios do comércio sem cabeça, incluindo o potencial aumento de receita, você também terá que invista mais tempo, esforço e energia antecipadamente para implementar esta abordagem.

 

Autor

Carla Bauto DeñaCarla Bauto Deña é jornalista e redatora de conteúdo produzindo matérias para mídia tradicional e digital. Ela acredita em capacitar pequenas empresas com a ajuda de soluções inovadoras, como comércio eletrônico, marketing digital e análise de dados.

Compartilhe a postagem: